14/08/2017

Placards com distribuição de mesas {Inspiração}

Agosto foi o mês que escolhemos para casar. Não é que fosse o mês do nosso coração mas ficou para sempre no nosso coração.
Quando me envolvo na organização de uma festa, seja assim grande ou mais pequena, sou uma chata. Sou picuinhas até mais não! Pesquiso imenso, gosto de ir ao Pinterest buscar inspiração e lá organizo as ideias em boards com os mais diversos temas. Vou anotando num caderno para ter tudo mais ou menos controlado e não me dispersar demasiado. Sim, porque nestas coisas é muito fácil fugir do caminho e tão depressa estou a ver decoração de mesas como já estou a ver receitas ou projetos diy!
Gosto de ser eu a preparar tudo mas há festas em que é impossível e é necessário delegar tarefas. No meu casamento fui eu que fiz toda a decoração: convites, marcadores de mesa, placard com distribuição das mesas, decoração, enfim, tudo o que uma noiva normal não faz [louca não é?!].

10/08/2017

Sandocha de panado de frango no forno {com dica para deixar a carne macia}

Quando penso em piqueniques ou passeios que implicam marmita, penso inevitavelmente em panados. Os panados também são a minha forma preferida de aproveitar os peitos de frango que ninguém gosta cá em casa. Sempre que faço frango estufado, retiro os peitos, corto em bifes e tempero para no dia seguinte fazer uma fornada de panados.
Hoje trago com a receita, a mais recente novidade da Vatel, o Bicarbonato de Sódio. O bicarbonato é um produto essencial cá em casa e acredito que em muitos lares portugueses. É super versátil e tem, tal como indica a embalagem, 1001 utilizações.

07/08/2017

Tacos coloridos e frescos para dias quentes

Agosto trouxe mudanças. Viver no campo e trabalhar na cidade. Fins de tarde com tempo, passados na espreguiçadeira [ou não, porque a Maria não pára um minuto!]. O Avô até providenciou um cantinho com areia da praia mesmo ao lado, mas a rapariga não pára lá muito tempo. Anda encantada com tanta novidade, com tanta mudança. São as galinhas, os coelhos, ir no carro de mão para a quinta, apanhar morangos e comê-los logo a seguir, ver os pêssegos nos pessegueiros a cair de tanto peso, ver os pássaros, os cães, os gatos... Claro que acha muito mais graça a tudo isto do que a estar sossegada a brincar na areia.
O irmão passa as tardes na água. Na hora de sair, a fome aperta e uns petiscos rápidos sabem às mil maravilhas. Eu chamo-lhes wraps mas ele chama-lhes tacos por causa dos desenhos animados. Fazemos com vários recheios, ao gosto de cada um. O Afonso pede sempre o mesmo, bastante alface, tomate e carne picada. Os outros vão variando de acordo com o que há no frigorífico e na fruteira.
A acompanhar, a bebida preferida do rapaz. Lipton Ice tea. Simples para ele e com um toque diferente para os mais crescidos. Gosto de juntar uma haste de hortelã ao Ice Tea de Limão. E uma rodela de lima. E muuuito gelo! De vez em quando sabe tão bem!
Estou cada vez mais adepta do velho ditado "Nem sempre, nem nunca". Houve uma altura em que determinados alimentos eram simplesmente proibidos de entrar cá em casa. Não aos refrigerantes, não às guloseimas, não às bolachas, não à fast food... enfim, não a tudo o que faz mal mas infelizmente os miúdos adoram... O resultado era sempre o mesmo: quando havia festas, o Afonso tinha alguma dificuldade em controlar a gula... E de seguida, era certo que ia ser uma noite em branco com as mãos a apertar a barriga. Agora abro exceções mais vezes. Ao fim de semana, num lanche ou jantar especiais. Percebi que a proibição pode ter o efeito oposto ao pretendido. Tento oferecer alternativas um pouco menos más e fazemos o que conseguimos em casa. Há fast food na mesma, mas com muita alface e tomate da quinta e hambúrgueres caseiros. Difícil mesmo é encontrar o equilíbrio e conseguir incutir o espírito de fazer escolhas saudáveis sem estas serem impostas. É mais fácil respeitar uma proibição do que fazer a escolha certa de livre e espontânea vontade. É um trabalho para se ir fazendo quase diariamente. Mas com tranquilidade, boa disposição e sem grandes dramas.

Tacos de manga e granola de chocolate
Ingredientes para cada 1:
1 wrap
3 fatias de pera
1/4 de manga
manteiga de amendoim, amêndoa ou caju
rúcula
4 bagos de uva

Passe o wrap pela frigideira bem quente.
Barre-o com manteiga de frutos secos e recheie com rúcula, manga, uvas e por cima espalhe um pouco de granola de chocolate.
Tacos de salmão e abacate
Ingredientes para cada 1:
1 wrap
queijo creme com ervas
1/4 de abacate
2 fatias de salmão fumado
sumo de lima q.b.
4 ou 5 rodelas de malagueta
rúcula

Passe o wrap pela frigideira bem quente.
Barre-o com queijo creme. Por cima disponha a rúcula, o salmão fumado, o abacate fatiado e a malagueta.
Regue com sumo de lima.
Este artigo foi desenvolvido com o apoio da Lipton Ice Tea.
Poderei ter recebido honorários e/ou produtos mas o conteúdo foi escrito por mim e contém apenas a minha opinião.

01/08/2017

Ameijoas à bulhão pato

Refeições com tempo para rir, conversar, matar saudades e saborear. Um almoço de regresso com cheirinho a mar, a peixe fresco e aos nossos produtos tão bons. 
As férias no Algarve terminaram e na nossa última ida ao mercado do peixe trouxemos uma encomenda já a pensar no regresso a casa. Um saco da melhor ameijoa de todas, a nossa, apanhada ali ao lado na ria Formosa, que viajou connosco até Coimbra.

25/07/2017

Sushi party {com tempo para saborear}

Férias. 
Sonhamos tanto, esperamos tanto e quando nos apercebemos já vieram e já passaram... 
Ficam as coisas boas para recordar, em noites tranquilas com os miúdos a dormir e o silêncio da casa como música para os meus ouvidos. 
A agitação das férias foi tanta que já nem sei se não vim mais cansada do que fui. A Maria aprendeu a andar e já se sabe, andavamos atrás dela feito tontos, esperando conseguir evitar alguma queda mais grave.

11/07/2017

Babyshower-piquenique

Dizem que se nota quando fazemos as coisas com amor, carinho e dedicação. Eu acredito porque quando pomos o coração naquilo que fazemos, deixamos também um pouco de nós.
Há um livro de BD do Calvin & Hobbes cujo título podia perfeitamente ser a legenda da minha vida nos últimos tempos, "Que dias tão cheios". Tem sido uma correria constante, com a cabeça a uma rotação incrível, sempre com coisas para planear. O que me vale são as agendas, cadernos e notas no telemóvel ou metade das coisas ficariam pelo caminho. Depois é óbvio, acho que o tempo passa demasiado depressa e fico espantada como é que o Afonso já vai para o 2º ciclo... Pudera!!

04/07/2017

Taboulet cor de rosa







Os dias quentes chegaram e que bem que sabem para quem está de férias e tem dos dias por conta do descanso.
O simples facto de estar longe das rotinas rígidas e não ter horários a cumprir permitem recarregar a bateria e levantar o ânimo. A escola, as obrigações dos miúdos mais as dos graúdos fazem com que este seja o tão esperado momento de relaxar.
Posts relacionados Plugin for WordPress, Blogger...
blog design by WE BLOG YOU