03/01/2012

Rabanadas de Vinho


Desde que me lembro que estas rabanadas são feitas em casa da minha mãe pela altura do Natal. Eram feitas principalmente por causa do meu Avô, que infelizmente nos últimos dois Natais já não esteve... mas tal como antes, foram carinhosamente feitas e perfumaram a cozinha no passado dia 24.
Deixo-vos hoje a receita porque ate aos Reis é Natal!
(Uma vez que a receita é da minha mãe, as quantidades são em porções, pitadas e afins!)

Ingredientes:
1 cacete com uma semana
casca de 1 laranja
vinho tinto
açúcar amarelo e canela a gosto

Preparação:
Num tacho, coloque a casca da laranja, o açúcar, a canela e o vinho tinto. Deixe ferver até fazer uma calda.
Retire a casca da laranja.
Corte o cacete em fatias de 1,5 cm de espessura e passe-as pela calda. Retire-as cuidadosamente com o auxilio de uma escumadeira e deixe escorrer.
Aqueça uma frigideira larga com óleo e frite as rabanadas durante menos de um minuto, vire e deixe fritar do outro lado (depois de frias têm tendência a enrijecer!). Coloque-as em cima de papel absorvente para sair o excesso de óleo.
Numa taça misture o açúcar com a canela e polvilhe as rabanadas.

Em alternativa ao óleo, pode fazer-se uma calda de água e açúcar e "fritar" as rabanadas nesta calda!

Qualquer uma das sugestões é divinal!

6 comentários:

Lourdes disse...

Adoro receitas de família! Todas ela maravilhosas! E as suas rabanadas devem ser deliciosas, vou fazer porque por aqui todos gostam.

Bjs

Lourdes disse...

Adoro receitas de família! Todas ela maravilhosas! E as suas rabanadas devem ser deliciosas, vou fazer porque por aqui todos gostam.

Bjs

♥♥ belinhagulosa ♥♥ disse...

Devem ser boas, e as tradições que temos é bom, continuarmos com elas...bjs

Guloso e Saudável disse...

Vera,
Ficaram lindas e o vinho tinto deu características ao sabor e aroma bem peculiares, por isso é uma receita tradicional de família.
Parabéns por dar continuidade.
Beijo,
Vânia

Romy disse...

As melhores receitas são mesmo as de família.
O carinho e as histórias que essas receitas muitas das vezes têm para contar confere-lhes um paladar único e imbatível :)
Não há manjar nenhum que lhes consiga fazer concorrência :D

Bjokas e uma excelente semana***

Ameixinha disse...

Desde que experimentei rabanadas com vinho, nunca mais quis outra coisa. E estas nem precisam de ovos, fixe :) Obrigada pela visita ao meu blog.

Posts relacionados Plugin for WordPress, Blogger...
blog design by WE BLOG YOU