10/07/2012

Quem não arrisca não petisca Tarte integral de espinafres e bacon


Por vezes repetimos uma receita tantas vezes que já nem conseguimos ver possíveis alterações para que esta se torne um pouco mais saudável. É o caso desta Tarte de espinafres e bacon, que já marcou presença em tantas festas da minha vida. Era sempre um sucesso tão grande que era impossível destroná-la do seu lugar. Assim, ano após ano, festa após festa, lá estava a famosa tarte de espinafres. Hoje apeteceu-me mudar, arriscar, sabendo que poderia não ter o sucesso esperado e ao qual já estava habituada. 
Eu, adorei! Achei que a base ficou com muito mais personalidade, a marcar presença e a dizer, -"Estou aqui e sem mim isto nunca seria uma tarte!!!" 
Fiz assim:

Ingredientes:
Massa:
250 g de farinha integral
110 g de margarina
1 c.chá de flor de sal
2 c. sopa de água
1 ovo

Recheio:
2 alhos francês
50 g de azeite
2 molhos de espinafres
150 g de bacon
4 ovos
1 pacote de natas magras, 200 ml de leite ou 1 pacote de creme de soja
sal (usei este, fica maravilhoso!)
pimenta e noz moscada moídas na hora

Preparação:
Prepare a massa misturando todos os ingredientes numa taça. Se optar por fazer à mão, derreta a margarina para conseguir trabalhar melhor a massa.
Se optar pela Bimby, basta colocar tudo no copo e programar 30 seg/ vel 4 e depois 3 min/ vel. espiga.
Forre a tarteira, corte o excesso de massa com uma faca e reserve.

Recheio:
Ligue o forno a 200ºC.
Corte o alho francês e leve-o a refogar com o azeite.
Coloque uma panela com água temperada de sal ao lume. Quando começar a ferver, junte as folhas de espinafres lavadas. Deixe cozer durante 5 minutos sem a tampa colocada e vá empurrando as folhas com a ajuda de uma escumadeira para baixo, para que cozam uniformemente.  
Escorra e mergulhe as folhas em água fria para que mantenham a cor verde e não fiquem amareladas.
Junte o bacon cortado aos pedacinhos ao refogado. Deixe saltear durante 3 minutos e acrescente os espinafres. 
Coloque este recheio na tarteira. 
Bata os ovos com as natas, tempere com sal, pimenta e noz moscada e deite por cima do recheio.
Leve ao forno durante 30 minutos.

Deixe arrefecer um pouco antes de desenformar.

Nota:
Na minha receita original, a farinha era de trigo. Se achar que o sabor da base é demasiado forte, pode fazer uma mistura metade farinha trigo integral, metade trigo ou simplesmente apenas trigo.



15 comentários:

Guloso e Saudável disse...

Oi Vera,
Ótima, linda torta, para mim substituiria o bacon.
Beijo,
Vânia

Mónica Silva disse...

Ai Vera que linda ficou essa tarte, essa cor diz tudo :)
Em relação à base penso que foi uma boa opção porque não variar :)

Beijinho

JotaSousa disse...

A tarte falou, esta falado :DD
Parece realmente deliciosa, uma excelente receita para usar espinafres (que tanto gosto) ;)

Felismina disse...

Ficou linda e com um aspecto delicioso!

Bjs.

Luisa Alexandra disse...

Que bonita está a tua tarte, tem uma cor tão linda!

Ondina Maria disse...

Gostei muito da cor amarelinha do recheio, que coisa maravilhosa! Nós usamos uma receita de base de tarte/quiche que é um segredo da mãe do Vel e que tem a particularidade de poder ser estendida directamente na tarteira. Também resulta muito bem com farinha integral, se bem que o homem prefere a farinha de trigo normal. Mas se for eu a fazer, vai integral para todos e com natas de soja ou leite. Quando é quiche, utilizamos ambos e polvilhamos com queijo emmental ralado :)

7gramasdeternura disse...

Que delicia de tarte... que cor fantástica. Uma verdadeira maravilha para estes dias mais quentes que aí vem (espero eu...).bjs

© Jardim de Algodão Doce disse...

Deve ser deliciosa. Adorei as fotografias e as suas composições :)

Jo disse...

Que óptimo aspecto!

O Cantinho da Sophia disse...

Ficou tão linda a tua tarte. Que aspecto tão apetitoso.
Beijinhos

Ginja disse...

É bom arriscar!
Partir à aventura de novos sabores e novas combinações em receitas de sempre.
Ficou perfeita a tua quiche, só me falta mesmo provar :)
Beijinho.

Josy disse...

Vera minha mãe ja dizia: Não mexa no que ta bom, mas vc arriscou e acertou, ja provei tartes com farinha integral e gostei muito, com certeza essa tarte ganhou mais pontos e vou levar a receita pois o recheio me agradou muito também. Ficou linda Vera, bjocas

A Delicodoce disse...

Muito boa e original! Concordo que quem não arrisca não petisca :))
Vou levar a receita. Obrigada.
Bis.

S* disse...

Deve ficar leve e mesmo boa.

Joana disse...

Que ideia tão interessante! Concordo contigo, quem não arrisca não petisca!!!
E que bela tarte daqui saiu!!
Fico cheia de vontade de experimentar!
Beijinhos

Posts relacionados Plugin for WordPress, Blogger...
blog design by WE BLOG YOU