15/10/2012

Batido de Kéfir e morango para começar o dia


Já tinha ouvido falar no Kéfir há mais de 8 anos, sendo na altura uma "moda" à qual imensas pessoas aderiram. Não foi o meu caso, porque havia opiniões muito diversificadas em relação ao sabor e na altura não me despertou qualquer curiosidade. E quem é que se lembra de as mães fazerem iogurtes com a "flor do iogurte" que não era nada mais nada menos que Kéfir?
No entanto, agora  uma colega ofereceu-me um bocadinho e confesso que fiquei com imensa pena de não ter começado a usar antes.

O Kéfir é uma colónia de mais de 37 microorganismos com origem ancestral na região do Cáucaso, entre os mares Negro e Cáspio. Os habitantes desta região, receando que os seus inimigos tivessem acesso aos beneficios do Kéfir e lhe tirassem as suas propriedades benéficas, consumiram-no durante muito tempo, sempre em segredo. 

Dizem que foi uma história de amor ou de espionagem que fez com que o Kéfir começasse a ser consumido também na Rússia. Um príncipe da região do Cáucaso apaixonou-se por uma empregada de uma empresa produtora de Laticínios da Rússia e acabou preso, acusado do rapto desta. Em troca da sua liberdade, por ordem do Czar, teve que pagar 4,5kg de grãos de Kéfir. A partir daí, começou a ser consumido Kéfir na Rússia, sendo inclusivé usado em hospitais.

Para cultivar o Kéfir, deve colocar-se uma colher de sopa de grãos de Kéfir num recipiente de vidro ou plástico com meio litro de leite, deixar um quarto do frasco livre para permitir a fermentação e manter à temperatura ambiente. Após 24 horas, deve coar o líquido com um passador de plástico, voltar a colocar os grãos no frasco e juntar novamente leite. Se usar uma maior quantidade de Kéfir, a fermentação será mais rápida e o leite deve ser trocado mais cedo. Para o Kéfir não seja tão azedo, pode trocar o leite após 6 horas e para obter um Kéfir mais azedo e mais espesso, pode deixar a fermentar durante 3 dias. 

O líquido obtido, depois de coado, deve ser mantido no frigorífico e consumido no prazo de 2 dias. 
Deve lavar os grãos de Kéfir uma vez por semana tendo o cuidado de não usar água da torneira porque os desinfetantes poderão "matar" a colónia. Use água filtrada ou engarrafada.
Não deve espremer os grãos, apenas coar cuidadosamente. Costumo dizer, trate-o como um bebé!

Propriedades medicinais:
* ativa o sistema imunitário
* aumenta a resistência às infecções
* sintetiza o ácido lactico fazendo com que a quantidade de lactose diminua, favorecendo a digestão do leite
* restabelece e equilibra a flora intestinal diminuido o risco de cancro do cólon
* diminui a percentagem de LDL (mau Colesterol)

Também existem grãos de Kéfir de água, que é usado para cosméticos e alguns problemas de pele. Veja aqui a reportagem da Sic.
Esta bebida tem um sabor parecido com o iogurte natural e pelo que percebi pode ser usado para fazer tudo o que fazemos com leite, natas ou iogurte. No entanto, as suas propriedades desaparecem quando é cozinhado. 
Vou partilhar algumas das minhas experiências, simples por enquanto, mas sei que se pode fazer imensas coisas,  pão, gelados e sobremesas.
Para esta bebida matinal fiz assim:

Ingredientes para 2:
1/2 litro de leite de kéfir
6 morangos, usei congelados
1 c. sopa de frutose

Preparação na Bimby:
Coloque os ingredientes no copo e triture 1 min/ vel 5,7,9.
Sirva decorado com hortelã.
Os grãos de Kéfir podem ser guardados, "adormecidos" no frigorífico ou mesmo congelador. 

Se tiver grãos de Kéfir para doar, pode deixar aqui um comentário para alguém que esteja eventualmente interessado.

Existe bebida de Kéfir nas lojas Celeiro, ao preço de 4,60€ por 700g. Não é mais fácil fazer a sua própria bebida em casa e a custo zero?

Fontes:
http://www.semlactose.com/index.php/2010/01/13/kefir-graos-que-esbanjam-saude/
http://www.kefir.com.br/
http://pt.wikipedia.org/wiki/Kefir
http://chanasaude.no.sapo.pt/kefir.htm


32 comentários:

Ondina Maria disse...

Ainda bem que aderiste ao kéfir! Eu até já fiz uma quiche (vou partilhar a receita hoje). Tenho feito batidos, pão, gelados, panquecas, etc. É um excelente substituto do buttermilk :)

Para já ainda não tenho colónias para doar: a minha lista de espera é grande, desde família a amigos. Mas assim que tiver coloco um aviso na página do FB :p

Nizz disse...

Que engraçado, não sabia o que era o kéfir (apesar de que sabia o que era a "flor de iogurte")! Gostei da receita, da textura e da cor do batido :)
Beijinhos,
Inês

Addicted disse...

Já conheço os benefícios do kéfir à muito...mas nunca experimentei! Tenho que ver se encontro.
beijinhos
Addicted
cookaddiction.blogspot.pt

são33 disse...

Nunca expermentei mas a minha irmã já teve mas na altura nem me lembrei de lhe pedir.
Esse batido é uma boa maneira de começar a manhã.
boa semana
bjs

Su disse...

Buaaa... eu ando atrás do Kefir assim há uma porradona de tempo... :(

Rachel disse...

À uns tempos um colega meu também disse que a mãe tinha em casa a flor do iogurte, confesso que nunca me despertou a atenção.

saboracasa disse...

Boa sugestão, só falta encontrar estes pequenos obreiros ☺

CamomilaRosaeAlecrim disse...

Maravilha! Adorei a dica e as explicações sobre saúde...gosto muito desses assuntos e de alimentação saudável...parabéns!
Beijos e te desejo uma ótima semana com muita paz!
CamomilaRosa

Ricardo Tiago disse...

não conhecia. muito interessante.
beijinhos e boa semana

Rita Castro disse...

Não conhecia e nem nunca provei.
Mas se é tão saudável e versátil, terei de provar e experimentar.

Bons cozinhados! *

Ginja disse...

Um post muito interessante e super esclarecedor Vera :)
Só provei kéfir em gelado, não feito por mim. E ainda não lhe dei uso.
Queria ver se arranjava para começar a dar largas à imaginação.
Já sabes, adoro experimentar coisas novas :)
Este batido deve ser delicioso acredito!
Um beijinho.

Marmita disse...

Eu acho que nunca provei, mas deve ser bom! obrigada pela explicação tão detalhada é sempre bom descobrir coisas novas. Gostei de te ver pelo meu Facebook, é sempre giro conhecer a cara de queme stá por detrás dos blogs que seguimos, beijo.

Lylia disse...

QUe linda postagem, Vera. Foi bom conhecer mais detalhes sobre o kefir, pois ainda não o conheço.
QUem sabe experimente nessa sua receita.
Bj e ótima semana,
Lylia

Mafalda disse...

Pois que a minha sogra ás tantas bibeia um copo do leite com Kéfir por dia (ou por semana, já não sei.. :) ) mas tb o conhecia por "flôr de iogurte".
Onde se encontra? só assim de pessoa em pessoa? vou pesquisar.. :)
bjs

vera ferraz disse...

Não tenho conhecimento que haja há venda em algum sítio. Se encontrares, depois partilha aqui connosco. Apenas passando de mão em mão porque a colónia, se estiver em ambiente favorável, multiplica-se relativamente rápido, cerca de 2 ou 3 semanas duplica. Tenho que pesquisar a maneira melhor de enviar por correio porque sei que é possível.
Beijinho.

frango do campo disse...

a minha mãe teve à uns anos mas já não tem e depois de ver no blogue da Ondina que ando à procura! obrigada pelos esclarecimentos :) beijinhos

sandra disse...

tenho grãos para dar! moro na zona oeste

vera ferraz disse...

Obrigada Sandra,

Pode enviar-me o seu mail para hojeparajantar@gmail.com para acrescentar à minha lista?
Obrigada pela atenção!
Bom fim de semana!

Joana disse...

Acabei de deixar um comentário no post de hoje a perguntar onde se encontrava o kefir, mas já vi aqui que é nas lojas Celeiro! :) Não queria já experimentar cultivar porque nunca provei e tenho medo de não gostar, talvez comprar seja menos arriscado numa primeira fase ;) Vou procurar ;)

Beijinhos :)

vera ferraz disse...

Sim, Joana, encontra-se à venda a bebida de kefir. Os grãos de kefir, não.
Se precisares de mais esclarecimentos, envia-me um mail que eu explico melhor :)
Ou se quiseres, adiciona-me no fb:~https://www.facebook.com/vera.ferraz.79?ref=tn_tnmn

Na Cozinha com a Filipa disse...

Que bela cor, vou ser sincera não conhecia Kefir é a primeira vez, vou ter de investigar :)

Beijinhos

Unknown disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cristina Gomes da Silva disse...

Pode fazer-se o kefir com leite magro? Não posso consumir laticínios sem ser magros, mas gostava de experimentar o kefir em grãos.

vera ferraz disse...

Olá Cristina,
Sim, pode usar-se leite magro sem problema :)

Andreia Espírito Santo disse...

olá! estou interessada em receber alguns grãos e com muito gosto :) resido em Lisboa. Parabéns pelo blog que é muito interessante e informativo :))

Anónimo disse...

olá
Olhe gostava lhe perguntar se me pode enviar um pouco de kefir, estou interessada.
Eu já tive, mas ficou muito tempo em agua e estragou-se.
Será que me pode enviar? eu pago os portes
Sff

Muitos parabens pelo blog

Beijinhos Vera
Email Fonseca_vera85@hotmail.com

Graziela Costa disse...

Olá. Sabes como posso arranjar kefir em Lisboa?

vera ferraz disse...

@Graziela, não sei mas se quiser eu posso enviar-lhe por correio ;)

Anónimo disse...

Ola Vera! Ando à tanto tempo a procura de kefir! Seré que me podes fazer a bondade de me enviares? Agradecia imenso, deixo aqui o meu mail se tiveres disponibilidade: ines.afac@live.com.pt

Carmelita disse...

Bom dia, procuro Kefir, será que alguém tem?

Anónimo disse...

Eu tenho Kefir se alguém na zona de Oeiras quiser, meu e-mail é magpie.castro@yahoo.com

Juliana Maria Bonassa disse...

Finalmente alguém que explicou bem como se cuida do Kéfir! Muito obrigada. Já li vários sites e blogs e as pessoas não sabem se expressar. Acabei de ganhar um pouquinho num copo de plástico e agora sei que tenho que passar para um pote de vidro, acrescentar o leite, trocar, etc, e ainda lavar o Kéfir uma vez por semana! Obrigada mesmo. Um grande abraço cá do Brasil.

Posts relacionados Plugin for WordPress, Blogger...
blog design by WE BLOG YOU