16/02/2013

Nova fase...

O local onde trabalho obriga-me a relativizar as coisas e situações mas há momentos em que esqueço tudo e perco o chão. Este é um desses. Uma consulta de oftalmologia vem confirmar a suspeita do pediatra... Ambliopia. E porque este blogue não é só de receitas, aproveito para vos sensibilizar para uma coisa que o Oftalmologista me disse: a única forma de descobrir este problema é numa consulta. E quanto mais cedo, melhor, para que o tratamento seja mais rápido e eficaz.
Agora, seguem-se doses de paciência e compaixão xxl até que me desapareça o bolo que tenho no estômago. 
O tratamento começa por oclusão do olho normal para obrigar o preguiçoso a trabalhar. O que vale é que este ser é paciente e até adorou escolher os óculos. Escolheu uns iguais aos do Pai e disse: -"Papá, agora somos gémeos!"  O pior é mesmo tapar o olho e constatar que é muito mais difícil ver e fazer as coisas...
Calma, muita calma é o que preciso...  Dias difíceis se avizinham...

31 comentários:

Jardim de Algodão Doce disse...

É preico calma Vera e o importante é que tudo se resolva e vai resolver. Quando o meu filho passou a usar óculos, ficámos abismados como é que aos 6 anos já tem mais miopia que o pai. E foi de repente, porque ia ao médico desde os 4. Parece que é mesmo assim, no espaço de 6 meses a visão dos pequeninos pode mudar a olhos vistos, segundo o oftalmologista. Que tudo passe rápido. Beijinho

Susana Figueiredo disse...

Força! Vai tudo correr bem, Vera, beijinhos!

Mena Lopes disse...

Como te entendo Vera!! Sempre que passa alguma coisa com os meus pequenos, também fico assim... Um enorme bolo no estomâgo e acredita que não é dos doces!! Sim que tens tempos dificeis pela frente,mas se ja escolheu um óculos como o Papá, vai se sentir forte como ele!! E tb podes tentar arranjar os parches com desenhos ou então fazes tu com o principe uns desenhos! Força e muita paciencia!! Estamos aqui para o que precisares!! Beijinhos

vera ferraz disse...

Obrigada!
Encontrei uns na farmácia que trazem uns desenhos para decalcar! Há anos que não via isto, eu que adorava fazer decalques. Ele achou piada a ver aparecer o desenho no penso.
Agora é o mais difícil... a fase de adaptação...
Beijinhos

Ana Rita disse...

A vida ás vezes dá nos cada prova...Mas é preciso é encarar com paciência,calma e pensa que as crianças são bem mais desenvoltas que nós...Para eles os problemas são menores do que para os pais. Vais ver que a força dele vai ser enorme e voçês um dia ainda vão lembrar se disto apenas como um problemazinho!!!
Se precisares de alguma coisa, nem que seja só desabafar, sabes que podes contar comigo sempre!!!
Bjokas
Rita

sandra santos disse...

Com calma as coisas vão ao lugar...tenho uma com 9 anos que so consegue ter 10% de visão... descobrimos há 2 anos,e hoje usa os oculos dela não são grossos e a coisa compoz se... o mais velho tambe musa e agora quando a mais pequena fizer os 3 anos vai ao medico tambem porque a herança genetica é enorme!!

Addicted disse...

Imagino pelo que estás a a passar...a minha afilhada era quase cega de um olho, demorou mas está a recuperar super bem.
Com calma e paciência tudo se vai resolver.
Boa sorte, beijinhos

Joana (Palavras que enchem a barriga) disse...

Olá Vera!

Olha eu passei por uma situação semelhante quando era criança. Fui operada aos dois olhos e passei um mês com ambos os olhos tapados (portanto, sem ver) e depois outro mês com um olho tapado à vez. Na altura os meus pais sofreram bastante, mas hoje em dia há histórias engraçadas relacionadas com isso, e são essas que ficam :) Até já partilhei no meu blog, que só abri os olhos porque fomos a um restaurante brasileiro e eu nunca tinha visto feijão preto e fiquei curiosa :)

É normal que por agora as coisas fiquem complicadas, demoras a habituar-te, mas acredita que depois nem sequer te vais recordar disto (ou então recordas, mas como uma fase muito desagradável que já passou) ;)

Entretanto tive de ser operada novamente uns anos depois e tive de usar óculos até aos 18 anos, mas depois fui operada e pronto, nada de óculos ;) Já o meu irmão também tem óculos, e o meu Pedro vê mal como um morcego, mas as pessoas habituam-se :) Se me perguntares a mim até acho que as pessoas de óculos parecem mais inteligentes ;) Eu percebo que a tua questão seja com o olho tapado e não com os óculos, mas isso é só passageiro e vais ver que tudo volta ao normal depois :)

Beijinhos e espero que fique tudo bem :)

Desculpa o comentário gigante, só queria dar-te algum feedback de quem já passou por isso ;)

vera ferraz disse...

Obrigada Joaninha! Fico contente por saber que ficaste bem!
Beijinhos!

Leonor disse...

Beijinhos, Vera, pensa que vai tudo correr pelo melhor mesmo que agora a adaptação seja difícil.

Paula Vieira disse...

Um beijinho e muita força, vai correr tudo bem.

Paula Vieira

Luisa Alexandra disse...

Coragem e muita força :)

Catarina Sá - A Cozinha da Kinhas disse...

Ola Vera! Ha que ter fé e pensar positivo!! Vai correr tudo bem!!

Beijinhos

Ilídia disse...

Nestes momentos, queríamos que os problemas deles passassem para nós, não é? Mas vai tudo correr bem e daqui a uns anos será apenas mais uma história de força para recordarem juntos.
Um abraço,
Ilídia

C.Cruz disse...

Porque não venho aqui só para comentar esta ou aquela receita, ou para me habilitar a um prémio de um Giveaway. Há que viver um dia de cada vez e para a frente é o caminho. A médio prazo, estes dias menos fáceis tornar-se-ão em meras memórias com um ligeiro sabor amargo. Mas o tempo encarregar-se-á de sarar estes momentos. Força Vera!

C. Cruz

Raquelita disse...

Força Verita!
Melhores dias virão e dentro em breve esta má fase não passará de uma lembrança. Os miúdos têm uma capacidade de nos surpreenderem perante as situações mais difíceis. E se precisares, estamos por perto :)
Beijo grande
Raquelita

Zezinha disse...

Como eu te percebo! Os problemas dos nossos filhos provocam-nos sempre uns nós no estômago; mas não é só quando são pequenos. Quando crescem os problemas agudizam-se.
Mas é preciso é muita calma e paciência.
Força que tudo se resolverá da melhor maneira.
bjs
Zezinha

Cuca disse...

Olá Vera, compreendo que a notícia seja um murro no estômago! Não sou mãe, sou só filha e já o vi muitas vezes o sofrimento da minha mãe com vários sustos que fomos apanhando ao longo dos anos: a suspeita de um problema neurológico em criança, traumatismo craniano em adolescente e já em adulta encontrarem-me desmaiada no corredor... E todas essas vezes senti a apreensão e preocupação da minha mãe, mas tudo acaba por ficar bem e há aceitação de situações mais complicadas! Muita força :)

Beijinhos*

Susana Louro disse...

Muita força, também sou mae e quando acontece alguma coisa aos nossos filhos o mundo cai aos nossos pés!
Mas tudo vai correr bem... :)
Adorei seu blog e ja me fiz sua seguidora!
Beijinhos
Sonhosnacozinha.blogspot.com

Susana Machado disse...

Olá Vera!!!
Compreendo bem a angústia, mas como optometrista posso dizer que o melhor que poderia ter acontecido foi ir à consulta. Este tipo de problema é muito difícil de ser detectado, uma vez que estamos sempre com os dois olhos abertos (acabamos por não nos aperceber que só um dos olhos está a trabalhar bem), e quanto mais tarde for detectado menores as probabilidades de sucesso no tratamento. Por tudo isto só posso dizer para acreditares que vai correr bem.
Força e coragem.
beijinhos

Nizz disse...

Olá Vera!
Compreendo bem a situação, porque o meu irmão mais novo teve imensas chatices ao nível da visão desde pequenino: nasceu com estrabismo e astigmatismo, foi operado em pequeno, andou semanas sem poder ver a recuperar e quando abriu os olhos percebeu-se que ainda estava a ver ligeiramente mal, começou a usar óculos, pensos de oclusão, acabou por ficar com miopia e astigmatismo e mais recentemente foi novamente operado... uma confusão. Agora tem 16 anos e parece-me que o problema está estabilizado, tem de usar óculos, mas nunca se importou com isso, nem nunca pediu para usar lentes ;) anda com óculos desde sempre, por isso acho que sente que já fazem parte dele!
Vai correr tudo bem :)
Beijinhos!

Susana Matias disse...

Boa noite,

venho desejar-te muita força e coragem...

E fé...

Tudo vai correr bem...

jinhos

7gramasdeternura disse...

Olá Vera,
Passei só para te deixar um beijinho e desejar que tudo corra bem com o teu pequenito. Vais ver que vai tudo correr bem, muita força e coragem.
Beijo

Xs disse...

Vai tudo correr bem! :)
Força!

Jota disse...

Vai tudo correr bem. :)

Ondina Maria disse...

O Princípezinho é um senhor, vai recuperar num abrir e fechar de olhos :p

Marmita disse...

Oh.. a maior sorte do mudo, beijos para os dois! <3

pedra de sal disse...

Oh Vera... Que chato! Mas amanha é outro dia e sem duvida que ira correr melhor! Vou rezar e torcer e o que for preciso... Estamos por cá! Muita força!

Maria João Clavel disse...

Não consigo perceber, no dia escrevi aqui um comentário e não está aqui.. bem me pareceu que na altura deu um erro qualquer.

O que eu queria, essencialmente, era dizer que quando algo toca aos nossos filhos o aperto no nosso coração e estômago é avassalador, pois sentimo-nos completamente impotentes. É normal esse sentimento, demonstra que a nossa capacidade de amar é algo de extraordinário, e, quem nos dera, poder trocar de lugar com eles.

Noutro dia li uma frase que me emocionou de tão verdade que é: "tomar a decisão de ter um filho é um acto de muita coragem, pois é tirarem-nos o nosso coração para fora do nosso corpo". E é isto mesmo, eles são o nosso coração, um pedaço do nosso corpo que fica fora dele e que por mais que queiramos não conseguimos protegê-los de tudo.

Força, querida. Irá ser uma fase menos boa, mas uma fase que irás vencer junto dele com toda a força que só uma MÃE consegue.

Beijos enormes.
MJ


vera ferraz disse...

Obrigada pelas palavras minha querida ♥

Amura Design disse...

Que tudo corra pelo melhor (e vai correr, sei que sim!).
Muita paciência e força ! Tudo o que uma mãe consegue e saber dar !
Um beijinho sincero

Posts relacionados Plugin for WordPress, Blogger...
blog design by WE BLOG YOU