27/09/2013

Esparguete com cubinhos de atum fresco

Post soundtrack

O Outono chegou tão depressa que nem deixou tempo para despedidas... Tive a certeza disso assim que liguei o forno numa destas noites e senti uma estranha sensação de conforto. Chegou também a chuva e as dúvidas existenciais do que vestir antes de sair de casa. E chegaram as molhas porque sou uma cabeça no ar e os guarda-chuvas parecem ganhar vida e mudar de sítio... Nunca estão onde são precisos! Nem vale a pena reclamar com as distrações do principezinho porque sei exatamente a quem é que ele sai!
Do Verão restam apenas as lembranças boas, como este prato. Cheira a mar, a praia ou pelo menos a peixe fresco e ao mercado de produtos frescos. Não sou particularmente fã de atum fresco, só gosto [e muito!] em sushi, mas cozinhado assim, levemente, fica macio e muito agradável! Este é o prato perfeito para um jantar ou almoço sem tempo ou para levar na lancheira para o trabalho. As ervas aromáticas e as sementes de sésamo dão um toque sensacional!

Ingredientes:
1 bife de atum fresco
1 tomate maduro
1 cebola pequena
1 fio de azeite
1 dente de alho
1 pitada de sal
50 ml de vinho branco
1 raminho de endro fresco
1 raminho de manjericão
1 colher de sopa de sementes de sésamo

Pique a cebola e o alho e refogue num pouco de azeite. Junte o tomate sem sementes e cortado aos cubos. Deixe refogar até o tomate estar macio e refresque com o vinho. Tempere com uma pitada de sal e deixe apurar.
Junte o atum cortado aos cubos, deixe cozinhar por 4 minutos e deite por cima de esparguete cozido "al dente".
Enfeite com sementes de sésamo torradas na frigideira, endro e manjericão fresco.

 
Esta receita foi publicada na Edição de Setembro da Revista C.

8 comentários:

Maria João Barbeitos disse...

Gostei da receita, mas a foto está absolutamente fabulosa!

Petiscos e Miminhos disse...

como eu gosto de atum fresco,
parece-me uma refeição perfeita para este dia cinzento!

Joana disse...

É verdade, veio mesmo sem avisar!
Sem tempo para despedidas! Uma transição brusca!
Mas ligar o forno tem o seu encanto :) E é bom, já tinhamos todos saudades dele!
Adoro este prato! Refeições assim são perfeitas em dias escuros :)
Um beijinho

Raquel Alabaça disse...

Que cor bonita tem esse prato, mesmo não apreciando o atum assim. Também gosto no sushi!

Ondina Maria disse...

Gosto de atum. Fresco, em conserva, como der mais jeito. E em sushi é divinal!

Cozinhar sem Lactose disse...

Tao bom, tão bom, tão bom! Hoje estamos em sintonia, no reino das massinhas reconfortantes! :-)

Babette disse...

Conseguiste um prato solar num dia de chuva como este ;)
E sim, veio assim sem avisar, apesar do calendário nos lembrar que é o tempo dele...
Um beijo, querida Vera!
É sempre bom ler-te ;)))
Babette

Iza disse...

Gostei da sugestão, ficou um prato bem bonito!
Bjs

Posts relacionados Plugin for WordPress, Blogger...
blog design by WE BLOG YOU