19/04/2014

Folar folhado em flor


No ano passado este folar andou a piscar-me o olho mas não consegui ter tempo para o fazer. Já tinha provado e sabia que era deliciosamente perigoso porque come-se sem se dar por ela. Na altura, a jornalista Clara de Sousa, fez na sua página de facebook uma autêntica campanha ao folar de Olhão e era impossível não ficar com vontade de pôr a mão na massa! Eu já conhecia,  do blogue Figo Lampo, onde a Margarida explica tudo mais que bem explicadinho. É uma tentação! Mas é coisa para se fazer com tempo porque a massa não quer pressas e precisa de levedar bem para o resultado ser perfeito. Há várias receitas, algumas levam erva-doce e mel, outras apenas canela. O resultado deve ser igualmente bom. Ao contrário do que se possa pensar, não fica excessivamente doce porque a massa não leva açúcar. Tal como o folar de Olhão em camadas [cuja experiência e receita partilhei no facebook], o resultado final depende muito da quantidade de margarina que usarmos. Se usarmos pouca, o folar ficará mais seco e não vai formar o caramelo tão característico. Mas é tudo uma questão de gosto! 
Já fiz esta receita de várias formas mas a que mais gostei foi deixar levedar a massa na máquina de fazer pão, moldar o folar e deixar levedar novamente. A massa fica mais fofa do que amassando na bimby e deixando levadar no modo tradicional. A diferença não é enorme mas é alguma. 
Ingredientes:
(receita adaptada do livro da Bimby, Receitas do Algarve)

Massa:
1 kg de farinha T65 com fermento
11 g de fermento de padeiro seco 
sumo de 2 laranjas
1,5 dl de água
1 cálice de aguardente
1,5 colher de chá de sal
1 colher de chá de açúcar
125 g de margarina
125 g de banha

Recheio:
200 g de açúcar
30 g de canela
margarina

Preparação:
Dissolva o fermento com a água, junte a banha e a manteiga derretidas, o sal, o açúcar, a aguardente e o sumo de laranja.
Deite a farinha numa taça, faça um buraco no meio e junte os líquidos. Mexa e sove até obter uma massa que se solta das mãos e da taça. Deixe levedar em locar morno, tapado com uma manta de lã.

**

Unte generosamente com manteiga, uma forma redonda sem buraco.
Divida a massa em 7 pedaços iguais. Estenda em formato de retangulo e pincele com margarina derretida. Polvilhe com a mistura de açúcar e canela e distribua alguns pedacinhos de margarina (do tamanho de uma ervilha).
Dobre as pontas da massa para o centro. Coloque mais um pouco de açúcar e margarina. 
Enrole e coloque na forma.  
Repita até terminar a massa, encostando os vários rolos, uns aos outros.
Pincele por cima com mais margarina e polvilhe com açúcar e canela. 
Deixe levedar novamente, tapado com uma manta de lã, durante 3 horas, até duplicar de tamanho.
Leve ao forno a 190º, durante 1 hora.
Desenforme ainda quente. 

Se preferir fazer a massa na máquina de fazer pão, basta usar a regra normal de colocar primeiro os líquidos e só depois a farinha. Neste caso, como é muita farinha, deve juntar-se primeiro metade e depois ir acrescentando à medida que os ingredientes vão ficando incorporados. Selecionar o programa de massa e deixar levedar até ao fim. 
Depois, proceder de forma igual ao explicado anteriormente.
Encontrei aqui um vídeo que pode ajudar a perceber como se enrola a massa. 

13 comentários:

Ovelha Negra disse...

Ficou tão bonito! Adoro o folar de Olhão, é uma perdição só!
Boa Páscoa :)
p.s - conto contigo para o meu desafio: http://acozinhadaovelhanegra.blogspot.pt/2014/04/ha-vida-alem-da-massa-de-atum-desafio.html

Rute Jacinto disse...

Olá Vera!! Adoro ou não fosse eu ua Algarvia de gema e de perto de Olhão! Este ano também andei tentada a fazer (novamente) mas optei por uns mais simples! Este teu ficou lindo, também conhecido por folar de rosas.
Bjinhos e Boa Páscoa

pimentinha disse...

Ficou mesmo lindo este folar! Adoraria provar :)
Uma santa Páscoa!
Bjinhos

Diogo Marques disse...

Mas que folar simplesmente maravilhoso e perfeito! Adorei! E essas fotos...lindas :)
Boa Páscoa!
_____________________
aculpaedasbolachas.com

Ana Teles disse...

Que folar maravilhoso!
Apetece mesmo provar umas quantas fatias.

Boa Páscoa.

______________________
Ana Teles | Telita
blog: Telita na Cozinha

Sílvia Martins disse...

Lindas fotos de um folar com ar incrivelmente delicioso!
Beijinho e uma Páscoa doce e feliz!

Sílvia
http://bocadinhosdeacucar.blogspot.pt/

Mar disse...

Olá Vera:

Já não venho a tempo de te desejar uma Páscoa feliz. Mas acho que estou a tempo de dizer que este folar é do género de querer em todas as alturas do ano:)

Dias lindos para ti!

Um beijo.

Mar

PS: Não tenho dito coisas, mas ando sempre por aqui, a ver as tuas actualizações:) Obrigada pelas tuas partilhas.

Ondina Maria disse...

Este ano deu-me a preguiça e fiz zero coisas para a Páscoa. Quer dizer, comprei as amêndoas e os ovos mas nada mais. Por vezes também sabe bem não fazer nada :D
Esse folar está lindo, pegajoso e deve ser uma delícia!

Paula Moita disse...

Que folar tão bonito! Assim enrolado fica mesmo a parecer uma flor e pegajoso como ficou deve ser delicioso!
beijinhos

inês do crasto disse...

Adoro esta receita! Ainda agora acabou a páscoa e já estou com vontade de comer uma fatia dele ;)
Beijinhos

Maria João Barbeitos disse...

Já comia uma rosinha dessas :)

Viagem Doce Viagem disse...

Que engraçado...não conhecia este folar!

viagemdoceviagem.blogspot.com

CamomilaRosaeAlecrim disse...

De dar água na boca! Vou fazer! Parabéns!
Beijos!
CamomilaRosa

Posts relacionados Plugin for WordPress, Blogger...
blog design by WE BLOG YOU