27/09/2014

Massa de pimentão {Receita II}

Cada vez mais sou a favor do simples e do genuino, na vida ou na cozinha. O tempo tem destas coisas, a capacidade de nos ensinar a ver tudo de outra forma e a teimosia característica da juventude vai dando lugar a uma clarividência que faz mudar opiniões e gostos. É tão comum ouvir dizer "dantes nem gostava disto mas agora já gosto". Acredito que tenha tudo a ver com o mesmo. Começamos a valorizar outros pormenores e consequentemente, as preferências.



Quando era adolescente e via a minha mãe sempre atarefada, sempre com coisas para fazer, sempre a preferir fazer do que comprar, questionava-me o porquê desta sua opção. Claro que só mais tarde entendi e só mais tarde comecei a fazer exatamente o mesmo. Porque descobri que a facilidade de pegar em certas coisas da prateleira do supermercado não era comparavel à satisfação de as fazer. O valor de uma simples massa de pimentão crescer exponencialmente. Porque não é apenas uma pasta de pimentão. É uma massa feita com os pimentos saborosos e os alhos da quinta da aldeia, sal marinho e um fio de azeite caseiro. Comparável à mais cara pasta de pimentos que encontre no supermercado ou em alguma loja Gourmet? Não! Garanto-lhe!
Ingredientes:
(Receita retirada daqui)

1 kg de pimentos vermelhos
100 g de alho descascado
300 g de sal
1 fio de azeite

frascos esterilizados

Lave os pimentos e retire todas as sementes e filamentos bracos do seu interior.
Coza os pimentos  vapor durante 20 minutos ou em alternativa, escalde-os em água a ferver, poucos de cada vez, durante cerca de 5 minutos.
Coloque-os num escorredor e prense-os com algo pesado para retirar toda a água, durante uns minutos.
Coloque os pimentos num robot de cozinha, junte o alho e o sal e triture tudo até obter a consistência desejada (mais ou menos grumos).
Deite esta massa em frascos esterilizados, deixando cerca de 1 cm livre no frasco. Deite um fio de azeite por cima e coloque as tampas.
Guarde no frigorífico.



8 comentários:

Flor de Sal disse...

Sim é verdade!Com o passar do tempo também comecei a dar mais valor, e, principalmente, a ter consciência do "luxo" do que que é caseiro e feito com muito carinho. É a certeza absoluta do que estamos a comer! Quanto à massa de pimentão ... acabei de "roubar" a receita!

Inês Ginja disse...

É mesmo verdade, e é bom sermos assim, valorizarmos coisas simples e que nos dizem tanto.
Dou muito valor ao que é caseiro e bom!
Um beijinho.

Célio Cruz | Sweet Gula disse...

Olá Vera!
Tens toda a razão, que bem que sabe preservar por mais tempo aquilo que é verdadeiro e genuíno, aquilo que vemos crescer nas nossas hortas e que tem tanto sabor. ;)
Nunca fiz a massa de pimentão, mas estou tentado. Só tenho uma dúvida, 300 g de sal não é demasiado sal?
Beijinho e bom fim de semana.

Cozinhar sem Lactose disse...

Fiquei com a mesma dúvida do Célio! Quero fazer massa de pimentão caseira, mas assusta-me a quantidade de sal! :-S Provavelmente é por uma questão de conservação, certo?

vera ferraz disse...

Célio, tambéma achei que era muito mas depois de fazer achei que ficou boa. Claro que quando a uso, tenho isso em conta e reduzo imenso o sal da receita.

Mary - Strawberrycandy disse...

Tens toda a razão!!
Adorei esta massa de pimentão caseira!
Beijinhos,
Bom fds :)
Espero por ti em:
http://strawberrycandymoreira.blogspot.pt/
www.facebook.com/omeurefugioculinario

Bombom disse...

Não há dúvida de que o que é caseiro é muito mais saudável. Dá um pouco mais de trabalho, é certo, mas compensa no que a Família ganha em saúde e bem estar. Eu também sou como tu: se puder fazer, não compro.
Gostei muito da tua receita por ser muito prática e rápida. A minha, que é feita como lá na aldeia da Beira Baixa, leva 3 dias a tomar o sal e só depois é que coze, tritura e se junta mais azeite. Depois não precisa de ir ao frigorífico porque o sal e o azeite conservam-na bem.
É sempre bom conhecermos todas as alternativas para podermos escolher melhor. Obrigada pela partrilha. Bjs. Bombom

Marmita disse...

Não podias estar mais certa... Adorei a receita, pena tenho eu de não apanhar uns pimentos assim caseirinhos da horta dos meus sogros. beijo

Posts relacionados Plugin for WordPress, Blogger...
blog design by WE BLOG YOU