25/10/2014

Pão do Vaticano

Para quem gosta de fazer pão como eu, fazê-lo em casa é um daqueles programas perfeitos de sábados à tarde em que não me apetece andar em limpezas ou arrumações. No entanto, este pão é diferente, não precisa de ser amassado e vai sendo feito ao longo da semana. Chama-se Pão do Vaticano e o primeiro pedaço de massa, a partir do qual tudo começa, passa de mão em mão. Eu explico, na semana passada, uma colega entregou-me uma tacinha com uma massa borbulhante de cheiro nada apetitoso que me fez lembrar de imediato a adega do meu pai em fim de setembro, depois das vindimas. Com este pedaço de massa, vinha a receita e história do pão. Com promessas de sorte para toda a família e algumas instruções.
Diziam as instruções que a massa devia descansar à temperatura ambiente, apenas coberta com um pano de cozinha, até segunda-feira, dia em que comecei o prcesso. Em alguns aspetos, esta massa malcheirosa fez-me lembrar o isco ou starter. E a verdade é que este pão cresceu como nenhum que eu tenha feito até hoje!


Na segunda-feira juntei açúcar, na terça-feira juntei leite, na quarta-feira juntei farinha e na quinta-feira mexi, seguindo as instruções, com uma colher de pau. Descansou novamente até sexta-feira, dia em que juntei novamente um pouco de tudo, de açúcar, leite e farinha. Mexi bem, sempre cm a colher de pau e dividi a massa em quatro partes. Distribuí três partes por mais três colegas e deixei a minha a descansar até hoje. Hoje, juntei mais farinha, bicarbonato de sódio, fermento para bolos, óleo, nozes, maçãs e canela. Por cima deitei passas e sementes de sésamo. Levei ao forno médio e a magia aconteceu. O cheiro ácido da massa despareceu por completo e o pão cresceu e ficou lindo como podem ver nas fotografias. Garanto-vos que está delicioso e tenho pena que não possam ir de imediato para a cozinha experimentar. Quem morar por Coimbra tem a solução, é só mandar-me uma mensagem e na próxima semana temos mais starter para este pão!
Um beijinho e bom fim de semana!



41 comentários:

MissLilly disse...

tem mesmo mto bom aspecto!

Danny disse...

que pena não morar em coimbra! achei o processo muito giro e pelo aspecto é uma delícia :)

Doris mis cosillas disse...

Que trozo me comería, es un manjar de dioses.Bsss

Fátima Fonseca disse...

Ficou lindo!
No ano passado fiz um bolo usando o mesmo processo e ficou uma delícia.
Pena não estar em Coimbra para poder experimentar esse pão

inês do crasto disse...

Super interessante! Adoro estes preparados que passam de mão em mão :) Se não fossem os 2.000 km ainda passava por Coimbra a buscar um bocadinho!
O pão fica mesmo bonito também ;)
Beijinhos

Luisa Alexandra disse...

Que apetitoso ficou o teu pão!
E com um nome bem curioso!

ana paiva disse...

ola gostei muito do teu pão, como gosto das outras receitas, e como vivo em Coimbra queria saber se dava para ter um bocadinho da receita

Cozinhar sem Lactose disse...

Eu sou totalmente fã do pão com isco selvagem, nem faço de outra forma cá em casa. Portanto este pão do Vaticano parece-me engraçadíssimo!

lili disse...

Olá! O isco é a mesma coisa que levain?

Diogo Marques disse...

Bem, que excelente aspecto :) Adorei a cobertura!
-
Diogo Marques
Blog: A culpa é das bolachas! | Facebook | Instagram
-

vera ferraz disse...

Sim MissLily, e não fica muito doce.
Delicioso com chá!

vera ferraz disse...

Quem sabe Danny! Um dia se te aparecer pela frente, vais-te lembrar!
Um beijinho.

vera ferraz disse...

Si Doris! Es buenísimo!
Besico.

vera ferraz disse...

E eu oferecia-lhe com tido o gosto querida Fátima!
Um beijinho.

vera ferraz disse...

Quem sabe um dia alguém te oferece!
Um beijinho Inês!

vera ferraz disse...

Pelo que percebi tem vários nomes... Este, Pão das Carmelitas descalças e outros. Todos com o mesmo princípio, trazer sorte a quem o faz!

vera ferraz disse...

Olá Ana, mantém-se mensagem pelo Facebook ou para Hojeparajantar@gmail.com.
Um beijinho.

vera ferraz disse...

É verdade. É literalmente ver a magia acontecer!

vera ferraz disse...

Sim Lili!

vera ferraz disse...

Estava delicioso Diogo!!

Ana Teles disse...

Que pão guloso.

______________________
Ana Teles | blog: Telita na Cozinha

feedly - bloglovin' - Facebook



Filipa Mota disse...

Adoro fazer pão, este ficou lindo.
Vou ter de experimentar fazer este cá em casa :)
Bj

vera ferraz disse...

É bom realmente, e o princípio da partilha inicial é muito giro!

vera ferraz disse...

Espero que consigas arranjar o isco! Se fosses de mais perto, eu dava-te!
Um beijinho.

Marmita disse...

Que brutal... só tu mesmo para teres paciência para fazer isto! Vais domingo não vais? Se quiseres alguma coisa do Martim diz que eu levo-te, beijos.

Inês Ginja disse...

Ah, já ouvi falar deste pão!
E ficou perfeito, adorei o resultado.
Apetece mesmo comer!
Um beijinho.

beta disse...

E a história do pão alguém sabe? Também me deram para fazer mas só trazia a receita e eu também gostava de saber um pouco mais sobre o pão.

Patricia disse...

Assim que vi a imagem pensei, parece o bolo que fiz na semana passada...afinal é o mesmo! Fica mesmo delicioso ;)

Loba Sorridente disse...

Olá. Hoje ouvi falar do Pão do Vaticano e curiosa que sou fui logo pesquisar na net e cheguei até aqui....
Só comentários de quanto o pão é delicioso que fiquei curiosa para o fazer e experimentar... mas surgem algumas dúvidas: só posso fazer se me derem um pedaço de massa? Tendo a massa na sexta-feira só posso começar na segunda-feira todo o processo? Toda a familia tem que comer um pedaço (pois tenho um bebé de 7 meses e ele ainda não come pão)?
Obrigada

Carla Ferreira disse...

Ola.
Eu sou de Coimbra mas estou a morar em Lisboa e tenho massa do pão do Vaticano para dar, se alguém quiser.

Mara disse...

Boa tarde
Alguém tem na zona de Coimbra? É maravilhoso este pão.

Anónimo disse...

Eu gostaria de fazer se ainda tiver um bocadinho para mim...
Obgda
veraveiga@hotmail.com

Paula Coelho disse...

Se eu não tiver ninguém com quem dividir a massa posso fazer na mesma o bolo? Obrigada

aldina disse...

Olá boa tarde, gosto mto de fazer pão em casa, este parecer delicioso, e só o facto de deveremos partilhar com alguém a massa é fantástico. nunca tinha ouvido falar por cá, só posso fazer se alguém me der uma poção de massa?

Marilia Veiga disse...

Deram-me o isco e comecei a fazer o pao ontem, segunda. Tenho 2 iscos para dar na 6ª feira Estou em Lisboa ( Benfica. Marilia

Maria Alexandra Reis Silva disse...

Olá!
Venho pedir ajuda, porque recebi na 6ªf uma porção de massa para fazer este Pão/Bolo do Vaticano, mas hoje que ainda é Domingo, a massa está a cheirar a azedo e apresenta umas bolhas... Acho que está estragada!
...Ou será normal, devido ao processo de fermentação da massa?
Alguém me pode aconselhar?
Obrigada.

vera ferraz disse...

Maria Alexandra Reis Silva, não se assuste, é mesmo assim!Pode começar amanhã. O cheiro vai manter-se mas depois desaparece quando cozer!

Célia Madureira disse...

Opa! Deram-me hoje este pão e comecei hoje!! Nunca tinha ouvido
Falar (que me lembre!) e agora vi aqui também!! Alguém de Gaia ou Porto que queira uma porção? :)

Anónimo disse...

Estou a fazer esse bolo, mas não tenho a quem dar as porçoes da massa, ós familiares já tb fizeram.
O que faço se n tiver a quem repartir?

helena disse...

Eu adorava fazer!
Alguém tem massa que me possa oferecer?
Ficaria muito agradecida

Anónimo disse...

Meu pão do Vaticano gasto 8 dias para fazer porque eu preparo desde a Isca

Isca
1° dia : Por exemplo sábado

Coloque 1 litro de agua, ou leite com 4 colheres de açúcar, com as 4 colheres de farinha de trigo e o sal numa bacia plástica.

Sem mexer os ingredientes, cubra-os com um pano branco.

2° dia : MASSA (por exemplo domingo)

Pela manhã, mexer os ingredientes da isca com uma colher de pau e voltar a cobri-la.

E daí em diante faço igual ao teu

Na SEGUNDA FEIRA acrescento 250 gramas de açúcar e não mexo

Na TERÇA FEIRA junto 20 ml de leite ou água fervida e esfriada (arrefecida) sem mexer

Na QUARTA-FEIRA junto 250 gramos de farinha sem fermento sem mexer

Na QUINTA FEIRA Misturo tudo com uma colher de pau

Na SEXTA FEIRA acrescento 250 gramos de açúcar, 250 gramos de farinha e 250 ml de leite ou água fervida e esfriada (arrefecida)
Com a colher de pau mexo ao redor e divido em 4 porções, três para entregar e um para fazer me próprio bolo ou pão do Vaticano

No SÁBADO na quarta porção junto 250 gramas de farinha meia colher de sopa de fermento em pó (opcional) meia colher de sopa de bicarbonato de sódio (opcional) meia colher de sopa de canela, açúcar baunilhado qb, ou extrato de baunilha, três ovos, 250 ml de óleo, (eu utilizo 150 ml de aceite de oliva) nozes picadas grosseiramente, três punhados de passas e raspa de chocolate.

Poderá também juntar outro tipo de frutos secos ou maçã fatiada.

Verta a massa do pão do Vaticano numa forma rectangular previamente untada. Leve ao forno prá aquecido a 180º (Cerca de 30 minutos antes). Isso depende do forno (fazer o teste do palito)

Posts relacionados Plugin for WordPress, Blogger...
blog design by WE BLOG YOU