15/02/2015

Scones baunilhados {e a ementa da semana}

As tardes de domingo têm este condão de me deixar colada ao sofá, enquanto a lareira crepita e me enrosco entre as mantas quentinhas. Especialmente tardes como esta, em que a chuva bate na janela e o consolo de saber que não é obrigatório sair do ninho é já por si uma felicidade imensa.
Mas a verdade é que também não preciso de desculpas para saltar da sala para cozinha e trocar o calor da lareira pelo calor do forno.

 
Andava com imensa vontade de fazer scones mas por um motivo ou outro, a oportunidade não surgia. Ontem surgiu. E ainda bem! O cheirinho que saia da cozinha fazia lembrar a Cerelac. Fácil de imaginar, não é? Tão bons! Dos melhores que comi e seguramente os melhores que já fiz. O truque penso que é apenas não cansar a massa para que eles cresçam e fiquem com a textura certa. Ao contrário do que possamos imaginar, os scones devem ser amassados o mínimo necessário para misturar os seus ingredientes.
Vamos fazer scones?
Ingredientes:
Receita adaptada de "O livro de Pantagruel de garfo e faca à volta do Mundo"

300 g de  farinha T55 sem fermento
2 c. chá de fermento em pó
1 c. chá de cremor tártaro
1,5 c. sopa de açúcar baunilhado (usei este que tem um sabor super natural)
125 g de manteiga sem sal fria
180 ml de leite morno
1 ovo
1 pitada de sal

Peneire a farinha, o fermento e o cremor tártaro para uma taça. Junte o sal e o açúcar.
Junte a manteiga cortada aos cubos e mexa com as pontas dos dedos, até obter uma textura areada.
Noutra taça bata os ovos e junte o leite. Lentamente, deite esta mistura na farinha e vá mexendo apenas com um garfo para envolver todos os ingredientes.
Enfarinhe as mãos e faça uma bola, amassando muito ligeiramente.
Coloque a bola num tabuleiro forrado com papel vegetal.
Com a palma da mão achate a bola e com a ajuda de uma faca, divida-a em 8 partes iguais como se fosse uma pizza.
Levam-se a cozer durante 20-25 minutos, em forno pré-aquecido ou retiram-se quando começam a ficar dourados para não cozerem demasiado.
Servem-se de imediato, com manteiga e compota.

Se pretender dobrar a receita, pode fazê-lo, mas neste caso deve dividir a massa e fazer duas bolas.

Ementa da Semana
Segunda-feira: Beringelas com molho de requeijão de ervas
Terça-feira: Migas de tomate com rojões e cogumelos
Quarta-feira: Pescada com puré e broa
Quinta-feira: Hambúrguer caseiro com salada em pão pita
Sexta-feira: Rolinhos de salmão e côco com molho oriental

Pão para a semana: Pão de centeio com café, quinoa e amendoas
Pequenos-almoços/ snacks: Porridge de chocolate e laranja , Bolachas de Aveia e Chocolate
Iogurtes: Iogurtes Líquidos de Lemon Curd





7 comentários:

Luisa Alexandra disse...

Que lindos estão esses scones, mesmo apetitosos!

Babette disse...

Que apetitosos! Tanto quanto as descrições de domingos saborosos passados entre uma sala quentinha e uma cozinha com forno ligado ;)
Babette

Paula Moita disse...

Hum... nesta tarde chuvosa sabia mesmo um destes scones com sabor a baunilha com uma colher de compota! Uma delícia!
Fotos lindas!
um beijinho e bom domingo

Ondina Maria disse...

scones e chá... os ingleses sabem o que fazem :)

O cantinho dos Gulosos disse...

que deliciosos isso é uma perdição estão magníficos.


www.ocantinhodosgulosos.blogspot.pt

Lia Teixeira disse...

UI!!
Eu que adoro scones, levo já estes para a minha lista, ou não fosse o sobrenome do meu blogue "baunilha", eheheh!!
Uma beijoca,
Lia.

Diana Oliveira disse...

Olá, o fermento que foi usado é o químico para bolos ou em pó para pão? Obrigada!

Posts relacionados Plugin for WordPress, Blogger...
blog design by WE BLOG YOU