13/03/2015

Espetadas de peru orientais

Sempre acelerado. É o estado em que normalmente o meu cérebro anda. O meu e o de mais um milhar de Mães que trabalham, cuidam da casa, cuidam dos filhos e claro... cuidam do jantar. 
O meu príncipe está no segundo ano e sai a mim... e ao pai... é super-hiper-mega distraído. Não é defeito, é feitio. 

Aos poucos vou conseguindo arranjar estratégias para o motivar para a escola. Tem sido um processo trabalhoso e que exige da minha parte muita, mas mesmo muita dedicação [principalmente porque eu própria ando a testar e experimentar]. É um miúdo inteligente mas super distraído e precisa apenas da motivação certa para se concentrar e dedicar.
Não é fácil por vários aspetos mas o principal é eu própria não concordar com a carga horária que os miúdos têm. Deixo-o na escola quando vou trabalhar e só o vou buscar uma hora e meia depois de eu sair. Na prática, ele está no seu local de trabalho mais uma hora e meia por dia do que eu no meu. E quando chega a casa, ainda é obrigado a ir fazer trabalhos de casa, estudar e consolidar o que aprendeu [a correr] na escola. São muitas crianças por turma, são muitas horas de aulas por dia e muito pouco tempo para a brincadeira. Não compreendo. E custa-me imenso aceitar. Tenho sérias dúvidas que esta política de educação seja a mais correta... 
Mas é assim e não vou ser eu que vou conseguir mudá-la. Infelizmente... Num próximo post conto-vos como tenho feito para o motivar.
Por estes motivos, tenho que escolher e adequar a nossa ementa semanal de modo a ter tempo livre para o ajudar ou simplesmente para estar ali e dar um pouco de motivação quando é preciso.
Normalmente escolho receitas para fazer com a ajuda da bimby ou do forno, para ficar descansada e livre do fogão.
Ingredientes para 3:
3 bifes de peru
1 colher de sopa de caril
pimenta, sal e orégãos
sumo de 1 limão
1 fio de azeite

Coloque os espetos de madeira em água durante 1 hora para não queimarem quando forem ao forno.
Corte os bifes às tiras, longitudinalemente.
Tempere os bifes com as especiarias e os orégãos. Deite um fio de azeite e esfregue bem para impregnar o tempero.
Coloque as tiras de carne, em ziguezague, nos espetos.
Forre um tabuleiro com papel vegetal e coloque as espetadas. 
Leve ao forno a 180ºC, por 20 minutos. A carne não deve cozinhar demasiado senão ficará seca. 




11 comentários:

Maria João Barbeitos disse...

Vou levar a sugestão comigo. Quanto aos horários, estou totalmente de acordo. Principalmente no 1.º ciclo. A partir do 5.º ano, a coisa muda bastante de figura. Tenho uma no 3.º e outra no 6.º e as sobrecargas horárias são totalmente diferentes. Aos pequeninos falta-lhes tempo para serem crianças, sem dúvida!

Maria João Franco disse...

Bom dia,

Senti-me muito identificada com este poste. Tenho um filho no 2º ano, tão distraído como eu.
Tem boas notas, mas seria tão melhor se se dedicasse...

Obrigada pelas receitas, aguardo as estratégias ;)

Tertúlia da Susy disse...

Muito saborosas, sem dúvida!

anasbageri disse...

tanto tempo Vera, e näo há os animadores ou como se chama para os ajudarem com o strabalhos de casa? Com tantas horas nem devia haver TPC, pobres miudos. Sao todas as escolas assim? quantas horas por dia?
bjs bom fim de semana

Jovita Matos disse...

Que boa sugestão!!!
Carga hora ? E as regras para admissão à faculdade que são absolutamente uma coisa que nem consigo dizer????

Sara S Ramos R disse...

Concordo com o que dizes... eu ainda não tenho filhos. Mas sou observadora! E quando é que as crianças brincam??? Porque brincar é muito importante!
Força aí a desdobrares-te em mais que uma! Mesmo assim apresentas uma ementa sempre muito diversificada e bonita! :)
Beijinhos
Sarinha,
No Conforto da Minha Cozinha❣

vera ferraz disse...

O meu filho anda numa escola pública e as aulas decorrem até às 16h. Depois disto, ainda tem uma aula de enriquecimento curricular até às 17h30. Se os meninos não frequentarem estas aulas, não poderão permanecer na escola. Conclusão, os pais que têm horários rotativos, não têm outro remédio senão inscrevê-los. É demasiado tempo na escola e chegando a casa ainda é preciso trabalhar mais...

Rute Jacinto disse...

Ai Vera, como te compreendo. O meu tem 5 anos e passo a vida a pensar como é que vamos fazer isso do 1º ciclo, pois é impensável chegar com ele a casa às 19:00 e ainda ter enorme carga de trabalhos! Bolas, as crianças precisam de brincar e distrair-se depois de um dia de "trabalho".
Gostei da tua sugestão de bifes, também prefiro estas receitas livre de fogão para ter mais tempo para o pequeno e para as restantes tarefas!
Bjinhos

Sofia Pêga disse...

Adorei o blog! E já te segui em todo o lado. Muito bom gosto. Vê o meu e se gostares segue <3
http://1100days.blogspot.pt/2015/03/what-to-wear-to-photoshoot-1.html

Lia Teixeira disse...

Sabes Vera, eu acho que é precisamente esse horário imenso que cansa as crianças e as desmotiva, mas acredito que seja uma fase, pois são pequenitos e ainda t~em muita curiosidade pela vida à volta e concentração é algo difícil de pedir a crianças curiosas, mas acho que fazes bem em ajudá-lo a tentar focar-se.
Adoro esta tua sugestão que tem tudo para me agradar.
Um beijinho,
Lia.

Ondina Maria disse...

sim, a carga horária é brutal e os miudos não têm tempo para ser miudos. Também não percebo onde querem chegar com este tipo de politica, mas enfim!

Posts relacionados Plugin for WordPress, Blogger...
blog design by WE BLOG YOU