25/10/2016

Lanterna de Halloween - DIY

Os mais pequenos esperam ansiosamente pela chegada do final do dia 31 de Outubro, juntando à tradição o novo costume de se mascarar de roupas escuras e figuras assustadoras.
De outros tempos vem o cântico tradicional “Bolinhos e bolinhós” que as crianças cantam de porta em porta, pela rua acima e rua abaixo. Nas mãos seguram abóboras com olhos e bocas a servir de lanternas ou frascos decorados de forma assustadora. Os cestos e sacos vão sendo recheados de guloseimas e dinheiro em substituição dos bolinhos de erva doce, frutos secos e passas de antigamente.
No ano passado fiz esta lanterna para um artigo para o site Histórias Felizes para comer da Coca-Cola mas com as peripécias do início da gravidez acabei por não partilhar aqui. Ficou tão gira e é tão simples que este ano não podia deixar de publicar.
Esta é uma noite de folia cá em casa também em que os crescidos se vestem e pintam {a parte que mais adoro é a caracterização} e saem para se divertir com os miúdos. Vamos lá ver se este ano a baby me deixa ir também {duvido imenso!!}.
Manda a tradição que se cante à entrada de todas as portas a seguinte cantilena:

Bolinhos e bolinhós
Para mim e para vós
Para dar aos finados
Que estão mortos enterrados.
À porta da bela cruz, truz, truz…
A senhora está lá dentro
Sentada num banquinho
Faz favor de vir à porta
P’ra nos dar um tostãozinho ou um bolinho.” 

Esta é seguida de outra mais ou menos simpática, de acordo com a reação do dono da casa:
Se oferece guloseimas ouvirá:

Esta casa cheira a broa aqui mora gente boa.
ou
Esta casa cheira a vinho aqui mora algum santinho.

Se não oferece nada, sujeita-se a ouvir:
Esta casa cheira a alho aqui mora algum espantalho.
ou
Esta casa cheira a pão aqui mora algum papão.

No final da noite, as crianças dividem o tesouro recolhido. 


Mas a ansiedade começa bem antes deste dia com a preparação das abóboras e lanternas. Os mais pequenos adoram participar nestas atividades e fazem-no com todo o entusiasmo de quem começa a viver a aventura ali mesmo.
Esta é uma forma divertida de fazer uma lanterna, reutilizando um frasco de vidro.

Material necessário:
Frasco de vidro grande
Cola quente e fria
tinta acrílica preta
giz branco
lápis
tesoura
papel de seda colorido


Instruções:
  No papel de seda, desenhar 2 olhos e 1 boca fantasmagórica.
Colar a folha no frasco, com a cola fria.
Com a cola quente, contornar os olhos, boca e fazer uns riscos na parte superior e inferior do frasco.
Com a tinta preta, pintar todo o frasco e cola, com exceção dos olhos e boca. Deixar secar a tinta.
Com o giz, passar por cima dos locais com cola.
Esbater o giz com a mão para criar um efeito envelhecido.
Colocar uma vela no interior e acender.

3 comentários:

Mary - Strawberrycandy disse...

Super fácil de fazer,...adorei a ideia!
Beijinhos,
Espero por ti em:
strawberrycandymoreira.blogspot.pt
http://www.facebook.com/omeurefugioculinario

Iza disse...

E que gira que ficou! Gostei da ideia!!
Bjs

Clara Brito disse...

Que gira lanterna. :-)

Beijinhos,
Clarinha
http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2016/10/na-cozinha-commarta-alves-e-uma-massa.html

Posts relacionados Plugin for WordPress, Blogger...
blog design by WE BLOG YOU