13/04/2017

Folar de bater {e desejos de uma Feliz Páscoa}

Chegou assim inesperada esta receita, quando a minha cabeça ainda nem pensava na Páscoa. Um post da Margarida no facebook foi mais que suficiente para me aguçar a gula e em menos de nada, os meus pensamentos andavam em torno desta pequena beleza quase permitindo sentir o aroma daquela que é uma das minhas especiarias favoritas, a canela.

Todos os anos gosto de fazer folares ou algo do género para oferecer. Adoro! Desde os simples de canela e erva doce, aos que levam ovos ou aos típicos do Algarve, com canela e açúcar. Comecei por fazer uns que eram uma espécie de bolos dos Santos e oferecia-os em vez do tradicional pacote de amêndoas mas com o tempo comecei a fazer receitas diferentes de ano para ano. 
Ainda não consegui fazer as minhas amêndoas, nem sei se vou ter oportunidade mas essas também são um sucesso. É tão difícil parar de as comer. São absolutamente viciantes. Normalmente levo um ralhete de quem as recebe! E de seguida, a ameaça de que irei receber a conta do dentista, eheh!
Folar de bater
(receita retirada do blogue Figo Lampo)

1kg de farinha com fermento
600g de açúcar branco
4 ovos
60g de manteiga sem sal
1 colher de sopa de banha
1 colher de sobremesa bem cheia de canela em pó
1 colher de sobremesa bem cheia de erva doce em pó
2 dl de leite
2 dl de chá (ferver a água com uma mistura de pau de canela, anis estrelado e erva doce)
raspa de 1 limão
açúcar amarelo, canela em pó, manteiga q.b.

Pré-aqueça o forno a 190ºC.
Unte 3 formas de alumínio (usei de 14 cm de diâmetro) com manteiga e polvilhe com farinha.
Em banho-maria, derreta a manteiga juntamente com a banha. Reserve.
Num fundo bata os ovos com o açúcar, a raspa de limão, a canela e a erva doce (eu faço na batedeira).
Continue a bater e vá juntando aos poucos a farinha, o chá, o leite e a gordura. Bata até obter uma massa macia.
Com ajuda de uma concha de sopa deite uma porção de massa de forma a cobrir o fundo da forma. Polvilhe com  açúcar amarelo misturado com a canela. Disponha pequenas nozes de manteiga ao redor. Repita este processo três a quatro vezes. Termine polvilhando a última porção de massa com a mistura de açúcar e canela e umas nozes de manteiga.
Coloque as formas no forno e cubra-as com uma folha de papel de alumínio para evitar que o açúcar queime. Leve ao forno pré-aquecido (na receita indica para usar forno sem ventilação mas o meu tem ventilação em todos os programas...) durante cerca de 1h30, aproximadamente. A meio do tempo retire a folha de papel de alumínio.
Desenforme ainda quentes e deixe arrefecer sobre uma rede.
Deixo também sugestão de algumas receitas de outras Páscoas :)
 


  Uma excelente Páscoa para todos!



4 comentários:

Diana Leão disse...

Obrigada pela receita. Não percebi o que era o chá. É uma mistura de pós?

vera ferraz disse...

Olá Diana,

Sim, basta ferver água com a mistura das várias especiarias!

Um beijinho,
Vera

Anónimo disse...

Para quê barrar 3 formas?
A receita está para 3 folares???
Obrigada

Vera Ferraz disse...

Sim. Dá para três Folares se usar as tais formas de 16 ou 14 cm de diâmetro.

Posts relacionados Plugin for WordPress, Blogger...
blog design by WE BLOG YOU