11/12/2017

Bacalhau com migas escondido em massa folhada

As cores não enganam ninguém, estamos em plena época natalícia!
Mas a verdade é que cá em casa, tal como na maior parte das casas portuguesas, não é preciso ser Natal para se comer bacalhau. Nós gostamos de manter a tradição e na Consoada fazemos o bacalhau cozido com batata e couve mas para quem não faz questão, esta sugestão é uma alternativa deliciosa, com uma apresentação mais engalanada!
Para mim o melhor bacalhau de todos é este, o Bacalhau da Islândia.
Este bacalhau nascido nas águas frias do Atlântico Norte não migra pelo que a sua pesca ocorre durante todo o ano. O Bacalhau da Islândia é proveniente de fontes sustentáveis que asseguram a manutenção dos stocks a longo prazo e é certificado em toda a cadeia, desde que é pescado até à mesa dos consumidores. Ao contrário da maioria do bacalhau que é pescado na Rússia e na Noruega, o Bacalhau da Islândia não é congelado  e o seu processamento começa a ser feito no mesmo dia em que é pescado, de acordo com o gosto do país para onde é exportado. No nosso caso, que consumimos maioritariamente bacalhau salgado, é iniciada a sua cura e o bacalhau é mantido numa marinada salgada até chegar às empresas que continuam o processo de salga que pode durar vários meses.

O processo de demolha deve feito com água fria (abaixo dos 7ºC) para evitar a proliferação de bactérias.

Durante o período da demolha deve mudar-se a água apenas uma vez por dia
[a demolha é o processo de reidratação de algo que demorou semanas a desidratar. Deve respeitar-se este conselho para conseguir obter uma lasca perfeita]

A posta deve ser colocada com a pele voltada para cima para que à medida que os cristais de sal são libertados, não fiquem aí acumulados. 

No fundo do recipiente poderá colocar uma rede para que as postas que ficam na parte inferior, não fiquem em contacto com os cristais de sal que vão sendo libertados.  
Este processo pode demorar de 3 a 6 dias, conforme a grossura de cada posta.
Ingredientes:
3 postas de Bacalhau da Islândia
2 placas de massa folhada retangulares
3 cebolas médias
1 molho de grelos de nabo
4 dentes de alho
2 folhas de louro
azeite q.b.
1 c. chá de pimentão doce
1 ovo
1/4 de broa de milho
sal e pimenta q.b.

Descasque as cebolas e corte-as às lâminas. Coloque-as num tacho com azeite, junte um dente de alho picado, as folhas de louro e o pimentão doce e leve a lume brando, durante 15-20 minutos até a cebola estar macia. Tempere a cebola com uma pitada de sal e pimenta e reserve.

Coloque uma panela ao lume com água e quando levantar fervura, junte as postas de bacalhau da Islândia. Reduza o lume e deixe cozer, sem que a água ferva, para que o bacalhau não fique seco.
Retire as postas de bacalhau da Islândia da água e deixe arrefecer até conseguir desfazê-las em lascas. 
Junte à cebolada e envolva. Reserve.

Arranje os grelos e coza-os em água temperada com sal. Escorra-os e passe por água fria. 
Pique três dentes de alho para um tacho e junte um pouco de azeite. Leve a lume brando e quando o alho começar a libertar o seu aroma, junte os grelos cozidos. Mexa para envolver no azeite e junte a broa esfarelada. Reserve.

Ligue o forno a 200ºC.
Estenda uma das placas de massa folhada num tabuleiro de ir ao forno.
No centro da massa folhada, coloque metade das migas. 
Por cima coloque uma camada de lascas de bacalhau em cebolada e por cima outra camada de migas.

Por cima das migas coloque a outra camada de massa folhada e corte o excesso. 
Com a ajuda de um cortador, corte estrelas de massa folhada e decore.
Pincele a massa folhada com a gema de ovo mexida com uma colher de água.
Leve ao forno durante 12-15 minutos, até a massa folhar.

Este artigo foi desenvolvido com o apoio da Bacalhau da Islândia.
Poderei ter recebido honorários e/ou produtos mas o conteúdo foi escrito por mim e contém apenas a minha opinião.

2 comentários:

Ana dalc disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Helena disse...

Que bonito, vai ser o almoço cá de casa no dia 31. Usou placas redondas ou rectangulares. é que gosto mais da massa folhada do LIDL, mas a redonda, é muito boa, penso que com essa tb ficará bem. Obrigada pela receita, continuação de boas festas.

Posts relacionados Plugin for WordPress, Blogger...
blog design by WE BLOG YOU