28/09/2018

Dica de poupança {Preparar legumes e frutas para congelar}

Poupar tempo, poupar dinheiro, poupar recursos... poupar!
Muitos de nós tem acesso a legumes e frutas da época, quer seja de cultivo próprio ou do vizinho, dos pais, avós ou tios. O "problema" é que ficamos muitas vezes com uma grande quantidade do mesmo tipo de frutas ou legumes, acabando estes por se estragar por não termos capacidade de consumir tanta quantidade em tempo útil. Como estes alimentos são normalmente de produção caseira, sem recurso a pesticidas, é um crime deixar que isto aconteça.
Como tenho uma arca horizontal não me falta espaço por isso, o que eu costumo fazer cá em casa é calcular o que vou usar nos dias seguintes e congelar o resto para evitar desperdício. Os vegetais e frutas contém enzimas que causam a sua degradação e o processo de congelação retarda ou evita os processos químicos e microbianos que provocam a degradação dos alimentos. 
A melhor maneira de conservar legumes é submetê-los a um processo que se chama branqueamento. Isto não é mais que escaldá-los em água a ferver com sal (o sal ajuda a reter os sais minerais dos alimentos) durante uns minutos e em seguida dar-lhes um choque térmico (numa bacia com água fria e pedras de gelo) para parar a cozedura, mantendo assim os nutrientes e a sua cor. O tempo de braqueamento é diferente para cada alimento e convém respeitá-lo. Se se branquear um alimento por demasiado tempo, este irá perder nutrientes, sabor e textura e pelo contrário, se branquear por menos tempo do que é necessário, as enzimas não estarão bloqueadas.

Após este passo, as frutas e legumes devem ser colocadas em sacos ou caixas plásticas próprias para congelar, com a respetiva identificação de nome e data. Este processo permite conservar os alimentos congelados abaixo dos -18ºC durante cerca de 6 meses. Nunca congele os alimentos destapados pois a baixa temperatura irá provocar queimaduras na superfície do mesmo.

Branquear durante 1 minuto: beringela cortada aos cubos, ervilhas de vagem pequena, nabo aos cubos, espinafres

Branquear durante 2 minutos: espargos pequenos, cenouras cortadas às rodelas ou em tiras, outros legumes verdes e ervilhas de vagem média, batata doce aos cubos

Branquear durante 3 minutos: espargos médios, couves de bruxelas pequenas, couve flor em floretes de 2,5 cm, brócolos em floretes de 3-4 cm, couve cortada e cogumelos fatiados

Branquear durante 4 minutos: espargos grandes, couves de bruxelas médias, beringela cortada aos cubos

Branquear durante 5 minutos: couves de bruxelas grandes
  
A maioria dos legumes pode ser congelado diretamente sem descongelar, adicionando a sopa e estufados. 

As frutas devem ser congeladas depois de lavadas, retirada a casca e os caroços inteiras (bagas e frutos pequenos) cortadas em fatias ou cubos (banana, manga, figos e ananás), trituradas ou em polpa como o maracujá.
E vocês como fazem? Partilhem os vossos truques e dicas!

3 comentários:

Anónimo disse...

Eu costumo congelar os legumes sem os branquear primeiro. Agora vejo que não o devia fazer...

vera ferraz disse...

Tem que experimentar assim e ver a diferença!

Unknown disse...

Desculpe a minha ignorância o que é branquear, será dar uma cozidela.obrigado

Posts relacionados Plugin for WordPress, Blogger...
blog design by WE BLOG YOU