17/11/2018

Queques de laranja e iogurte [e um pedido de ajuda!]

Muitas vezes quando ando em mudanças e arrumações, acabo por encontrar coisas guardadas em caixas ou gavetas, esquecidas do meu pensamento. Desta vez encontrei estas formas de queques que comprei já há um par de ano mas que acabei por arrumar sem nunca sequer ter usado. A receita já estava anotada e foi fácil decidir. Estes queques de laranja são perfeitos para mandar para o lanche dos mais pequenos porque não têm açúcar refinado nem óleo e ficam super húmidos. Os cantinhos ficam torrados a fazer lembrar os das pastelarias. Amanhã é domingo e o dia perfeito para fazer uns queques, quem sabe com a ajuda dos minichefs aí de casa!

O outro propósito deste post é mesmo o pedido que vos vou fazer de seguida. 

"A Mariana tem 12 anos, cheios de sonhos e magia próprios da idade, vive presa a a uma cadeira de rodas com um suporte de ferro e pesos na cabeça devido a uma doença crónica muito grave. Passou grande parte da infância no hospital foi enviada agora para casa, por nada mais haver a fazer. No hospital o seu único divertimento era a Playstation4.  Em casa nada tem, porque as dificuldades são muitas de todas as ordens."

No ano passado por esta altura, a Marisa do Mercado dos Santos pediu-me ajuda para uma menina que não tinha presente de Natal. Eu lancei o desafio e rapidamente os meus amigos deram a mão e conseguimos compra-lhe o presente que ela queria. A felicidade nos seus olhos foi o melhor agradecimento que podíamos ter tido e ficámos de coração cheio com a pequena ajuda que demos. 
Este ano, como podem ler pela mensagem da Marisa, a Mariana teve alta do hospital. Há realidades duras e como diz o velho ditado "um mal nunca vem só" pois as dificuldades familiares são mais que muitas. A questão é simples. Não estou a pedir comida nem roupa, é certo. Não é um bem essêncial, é certo. Certamente que a Mariana trocaria todas as consolas do mundo por umas pernas e por se ver livre daquele parafernállia que anda agarrada a ela. 

Eu gostava muito de conseguir ver o brilho que vi no ano passado nos olhos da Mariana e oferecer-lhe uma PS4. 
Será que consigo? Será que conseguimos?!

Conto com a vossa ajuda. Enviem-me email para hojeparajantar@gmail.com ou pelo facebook. 

Obrigada♥


Deixo-vos a receita:

3 ovos
1 laranja (com casca fina)
1 iogurte natural 
3 copos de iogurte de açúcar de côco
3 copos de iogurte de farinha de espelta 
1,5 c. chá de fermento em pó
1 cenoura

Ligue o forno a 180ºC.
Unte as forminhas. Eu gosto de usar o desmoldante em spray. Coloque-as num tabuleiro e reserve.

Lave a laranja, corte-a aos pedaços e retire-lhe as sementes e os fios brancos. Coloque dentro do liquidificador junto com a cenoura cortada aos pedaços.  Triture.

Junte o iogurte, o açúcar e os ovos. Triture até obter uma massa homogenea.

Acrescente a farinha e o fermento e triture apenas para envolver.

Distribua o preparado pelas formas de queque até 3/4 da sua capacidade.

Coloque o tabuleiro a meio do forno e deixe cozer por 35 minutos. 



14/11/2018

Tarte de cenoura e laranja com chocolate

As redes sociais têm um poder imenso. Adoro o bolo de cenoura da minha mãe  e raramente experimento outra receita que não a dela.  Mas as imagens desta tarte/ bolo pareciam andar a perseguir-me e cada vez que ligava o facebook, lá estava uma fotografia nova de alguém que também tinha experimentado esta receita. Ao que parecia, uma receita maravilhosa e bem fácil de fazer. Eu sabia que era apenas uma questão de tempo e a desculpa de ter que fazer um post para o blogue é sempre mais que perfeita!

09/11/2018

Marmelada branca

No meu livro de receitas mora uma receita de marmelada gulosa, de tom pálido a contrastar com o encarnado da marmelada tradicional. Tal como a sua cor, a textura também é bem distinta, mais cremosa e macia e o sabor ligeiramente mais suave. 
Ao fim de uns dias a descansar à janela, forma-se na sua superfície uma camada fina e estaladiça de açúcar, que se derrete na boca. Fiquei rendida a primeira vez que provei esta marmelada.

16/10/2018

Bolinhos de chuva {um ano depois do fogo}

15-10-2017
Fez ontem um ano que passei a noite mais angustiante da minha vida...
Sem saber se os meus pais estavam bem, sem conseguir falar com ninguém por telefone, ia apanhando alguma informação pelo facebook e percebendo a gravidade da situação. Nos poucos minutos em que era possível manter a chamada em linha com alguém, ouvia gritos de pânico e estoiros como se fossem tiros. O som de fundo parecia o de um filme de guerra. Sabia que o fogo tinha rodeado a aldeia...

28/09/2018

Dica de poupança {Preparar legumes e frutas para congelar}

Poupar tempo, poupar dinheiro, poupar recursos... poupar!
Muitos de nós tem acesso a legumes e frutas da época, quer seja de cultivo próprio ou do vizinho, dos pais, avós ou tios. O "problema" é que ficamos muitas vezes com uma grande quantidade do mesmo tipo de frutas ou legumes, acabando estes por se estragar por não termos capacidade de consumir tanta quantidade em tempo útil. Como estes alimentos são normalmente de produção caseira, sem recurso a pesticidas, é um crime deixar que isto aconteça.
Como tenho uma arca horizontal não me falta espaço por isso, o que eu costumo fazer cá em casa é calcular o que vou usar nos dias seguintes e congelar o resto para evitar desperdício. Os vegetais e frutas contém enzimas que causam a sua degradação e o processo de congelação retarda ou evita os processos químicos e microbianos que provocam a degradação dos alimentos. 

17/09/2018

Tarte de figos para sobremesas de última hora

Já lá vai um par de meses desde a última publicação neste blogue. Recebi mensagens a perguntar se estava tudo bem, se tinha mudado de blogue ou deixado de escrever. Percebi que ainda há muitas pessoas que lêem o blogue sem seguir mais nenhuma rede social, nomeadamente o instagram por onde me tem sido mais fácil partilhar o que se vai fazendo por aqui. As férias dos miúdos trazem naturalmente grandes alterações nas rotinas e a falta de suporte familiar fez com que sem dar por isso, tenha passado tanto tempo desde o meu último post. Mas setembro chegou e com ele o regresso das rotinas e de algum tempinho para fazer isto que tanto gosto!

27/06/2018

Filetes de cavala na frigideira

A cavala é um dos peixes mais baratos do mercado e o seu consumo tem imensos benefícios como por exemplo ajudar a reduzir o colesterol. É um peixe rico em ácidos gordos Ómega-3 e a par com o carapau, é pescado em abundância na costa portuguesa, não tendo que dar meia volta ao mundo até chegar à nossa cozinha. Mas confesso que tenho alguma dificuldade em preparar a cavala, acabando por optar na maioria das vezes apenas por cozer em água temperada com sal e orégãos. 
Posts relacionados Plugin for WordPress, Blogger...
blog design by WE BLOG YOU