08/02/2017

Carbonara de salmão e atum {E uma salva de palmas à Avó Lurdes pelos seus 92}

Cuidado, ela deve estar louca!! Escreveu dois posts seguidos!!!! 
 
O senhor cá de casa adora massas. E no fim de semana, quando eu ia fazer a ementa semanal, queixou-se que eu faço massas muito poucas vezes. Principalmente massas como ele gosta. Confesso que como escolho muitas receitas de forno para os jantares de semana, acabo por preparar mais facilmente um arroz e deixá-lo a terminar de cozer junto do assado.
A hora de deitar da Maria é pelas 19h, antes o banho e o jantar não me deixam muito tempo para estar às voltas com os tachos. Por isso, ou deixo o jantar quase feito ou mesmo feito, ou escolho comida de forno que pode ficar a fazer enquanto estou ocupada com ela. 
As massas, apesar de serem normalmente rápidas de preparar, exigem que eu esteja lá e acabam por sair da lista de jantares da semana. Mas aquilo ficou-me na cabeça e ontem à hora do lanche (hora a que normalmente começo a adiantar o jantar) lembrei-me de perguntar na página de facebook o que é que achavam deste prato. As respostas não demoraram nada e todas muito positivas. Fiquei convencida. Pelo sim e pelo não, deixei um lombo de salmão a descongelar enquanto fui buscar o Afonso à escola pois nem o pai nem o filho adoram atum como eu.
Chegar a casa, a rotina do costume e pouco depois das 19h30, com a bebé já a dormir, consegui preparar a tal carbonara. 
Como somos marmiteiros, fiz a dose quase a dobrar e fiquei toda contente porque isto rendeu imenso!
Ingredientes para 6:
3/4 do pacote de 500 g de esparguete 
1/2 cebola
1 dente de alho
2 c. sopa de azeite
150 g de cogumelos frescos
3 latas de atum
1 lombo de salmão 
1 pacote de natas
2 gemas
200 ml de água de cozer a massa
sal e pimenta q.b.
queijo parmesão

Coloque o esparguete a cozer em bastante água temperada com sal durante o tempo indicado na embalagem.
Escorra e reserve alguma da água.
Num tacho, deite o azeite, a cebola e o alho picados e leve a refogar até a cebola ficar macia. 
Junte os cogumelos laminados e deixe cozinhar durante 6 ou 7 minutos.
Corte o lombo de salmão aos cubinhos e tempere com um pouco de sal.
Junte aos cogumelos e deixe cozinhar durante 2 ou 3 minutos. 
Junte o atum escorrido e envolva.
Junte as natas e a água de cozer a massa e deixe levantar fervura. Retifique os temperos. 
Numa taça, deixe as gemas e mexa-as com um garfo. Junte ao preparado anterior. Mexa bem e deixe cozinhar um pouco os ovos.  Junte este molho ao esparguete cozido e envolva bem. 
Sirva com queijo parmesão ralado. 

Nota:
Não deve adicionar nenhuma gordura à água de cozer a massa para que assim o molho adira bem. 

E como hoje é dia de festa, deixo um beijo enorme para a Avó Lurdes que apaga 92 velinhas ♥

P.S. Como se vê pela excelente qualidade da fotografia, foi tirada com o telemóvel. Mas o que é que isso importa quando temos tanto Amor num pedacinho de imagem ♥
Desejo do fundo do coração que conte mais uns quantos pois já é a única que tenho. Não há nada como o abraço de uma avó.

4 comentários:

Gorduchita disse...

Tem um óptimo aspecto! Acho que vou experimentar ainda esta semana! :)

Cátia disse...

Que linda fotografia da avó com a neta e bisneta :) é super amorosa e transparece amor puro e verdadeiro!*
Quanto a massas, sou mega fã mas confesso que salmão é um peixe que ainda não me convenceu por completo! Como, mas não sou fã acérrima.
Esta ficou com aspecto delicioso!
Beijinho!*

Mary - Strawberrycandy disse...

Parabéns à avó,...
Essa carbonara ficou divinal,..
Beijinhos,
Espero por ti em:
strawberrycandymoreira.blogspot.pt
http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

Mar disse...

A fotografia é linda, Verinha. Tão carinhosas e tão cúmplices, as vossas expressões. E carbonara é uma daquelas coisas simples e deliciosas. Vou fazer amanhã para o aniversário do meu filho, por ele gostar tanto.

Um beijinho grande*

Mar

PS: Ligo-te antes do dia 22, para combinarmos:)

Posts relacionados Plugin for WordPress, Blogger...
blog design by WE BLOG YOU